2
Visualizações
Acesso aberto Revisado por pares
Artigo Original

Análise de 502 endoscopias na avaliação pré-operatória de pacientes a serem submetidos à cirurgia bariátrica: relação entre doença do refluxo gastroesofágico e índice de massa corpórea

Analysis of 502 endoscopies in preoperative evaluation of bariatric patients: relationship between gastroesophageal reflux disease and body mass index

Fábio França de Souza1; Maycon Luiz Silva Oliveira2; Cíntia Paula Carneiro2; Bruno Ferreira Luitgards2; Mariana Melendez Araújo3; Sérgio Lincoln de Matos Arruda1

RESUMO

OBJETIVO: Descrever a relação entre índice de massa corporal (IMC), hérnia de hiato e a prevalência de doença do refluxo gastroesofágico, baseados no consenso de Montreal.
MÉTODO: Revisão de prontuários médicos de 502 pacientes obesos, que foram submetidos a endoscopia digestiva alta antes de cirurgia bariátrica de janeiro de 2004 a dezembro de 2008. Idade, sexo, IMC, comorbidades e achados endoscó-picos foram analisados. Os pacientes foram distribuídos em três grupos: aqueles com IMC de 35 a 39,9 kg/m2 no grupo A (GA); IMC de 40 a 49,9 kg/m2 no grupo B (GB) e IMC > 50 kg/m2 no grupo C (GC). Os testes estatísticos utilizados foram coeficiente de correlação de Pearson, Anova e Fisher.
RESULTADOS: Foram do sexo feminino 422 (84%) pacientes. A média de idade foi 37 anos (extremos: 17 a 67). A prevalência de infecção por H. pylori foi 43%. A distribuição foi: 186 pacientes (37%) estavam no GA, 284 (56,5%) no GB e 32 (6,5%) no GC. A prevalência geral de doença do refluxo gastroesofágico foi 34,6%, maior no GC (37,5%). A prevalência geral de hérnia de hiato foi 15,9%, maior no GA (17,7%). Não houve correlação significativa entre IMC e prevalência de doença do refluxo gastroesofágico (p = 0,46) ou hérnia de hiato (p = 0,93). Houve correlação positiva entre doença do refluxo gastroesofágico e hérnia de hiato (r = 0,54; r2 = 0,29, p < 0,0001) e entre idade e doença do refluxo gastroesofágico (r = 0,10; r2 = 0,01; p = 0,01). Não houve correlação entre infecção pelo H. pylori e doença do refluxo gastroesofágico (r = -0,06; p = 0,13).
CONCLUSÕES: Alterações no IMC parecem não influenciar a prevalência de doença do refluxo gastroesofágico ou hérnia de hiato. A doença do refluxo gastroesofágico é mais comum em pacientes com hérnia de hiato do que naqueles sem hérnia de hiato. A infecção por H. pylori não está relacionada à doença do refluxo gastroesofágico.

Palavras-chave: Obesidade; cirurgia bariátrica; doença do refluxo gastroesofágico; hérnia hiatal.

ABSTRACT

OBJECTIVE: To describe the relation among body mass index (BMI), hiatus hernia and prevalence of gastroesophageal reflux disease, based on Montreal Consensus.
METHOD: Medical records of 502 obese patients which were submitted to upper gastrointestinal endoscopy before bariatric surgery from January 2004 through December 2008 was reviewed. Age, sex, Body Mass Index (BMI), comorbidities and endoscopic findings were analyzed. Patients were alocated in three groups: BMI of 35 to 39.9 kg/m2 in GA; BMI of 40 to 49.9 kg/m2 in GB and BMI > 50 kg/m2 in GC. Statistical tests used were Pearson product-moment correlation coefficient, Anova and Fisher.
RESULTS: 422 (84%) patients were female. Mean age was 37 years (17-67). H. pylori infection prevalence was 43%. 186 patients (37%) were in GA, 284 (56.5%) in GB and 32 (6.5%) in GC. Global prevalence of gastroesophageal reflux disease was 34.6%, greater in GC (37.5%). Global prevalence of hiatus hernia was 15.9%, greater in GA (17.7%). There was no significant correlation between increases in BMI and prevalence of gastroesophageal reflux disease (p = 0.46) or hiatus hernia (p = 0.93). There was a positive correlation between gastroesophageal reflux disease and hiatus hernia (r = 0.54; r2 = 0.29, p < 0.0001) and between age and gastroesophageal reflux disease (r = 0.10; r2 = 0.01; p = 0.01). There was no correlation between H. pylori and gastroesophageal reflux disease (r = -0.06; p = 0.13).
CONCLUSIONS: Changes in BMI were not shown to alter prevalence of gastroesophageal reflux disease or hiatus hernia. Gastroesophageal reflux disease is more common among patients with hiatus hernia than among those without hiatus hernia. H. pylori infection and gastroesophageal reflux disease were not found to be related.

Keywords: Obesity; bariatric surgery; gastroesophageal reflux disease; hiatus hernia.


O CONTEÚDO DESTE ARTIGO NÃO ESTÁ DISPONÍVEL PARA ESTE IDIOMA.


© 2019 Todos os Direitos Reservados